Desencadeantes de Enxaqueca

Fatores desencadeantes de enxaqueca

Patrícia Timy FukuiI; Tessa Rachel Tranquillini GonçalvesI; Cintia Giunchetti StrabelliI; Natalia Maria Fernandes LucchinoI; Fernanda Cunha MatosI; Juliana Pinto Moreira dos SantosI; Eliova ZukermanII; Vera Zukerman-GuendlerII; Juliane Prieto MercanteII, IV; Marcelo Rodrigues MasruhaII, III; Domingos Sávio VieiraII, III; Mario Fernando Prieto PeresI, II, III

I Liga de Cefaléia da Faculdade de Medicina do ABC, São Bernardo SP, Brazil
II Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, São Paulo SP, Brazil
III Neurociências, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo SP, Brazil
IV AMBAN, Instituto de Psiquiatria da FMUSP, São Paulo SP, Brazil

——————————————————————————–

RESUMO

INTRODUÇÃO: A enxaqueca é uma doença neurológica crônica que apresenta diversos desencadeantes como fatores alimentares, hormonais e ambientais.

OBJETIVO: Analisar os fatores desencadeantes em uma amostra de pacientes com enxaqueca.

MÉTODO: Duzentos pacientes com diagnóstico de enxaqueca foram questionados sobre fatores que pudessem desencadear suas crises. RESULTADOS: 83,5% apresentaram algum fator alimentar, jejum foi o fator mais freqüente, seguido de álcool e chocolate. Dos fatores hormonais, o período pré-menstrual foi o mais freqüente. Atividade física causou enxaquecas em 13%, atividade sexual em 2,5%, estresse em 64% e 81% relataram o sono como fator desencadeante. Em relação aos fatores ambientais, odores foram desencadeantes em 36,5%.

CONCLUSÃO: Os fatores desencadeantes são freqüentes em enxaqueca e a sua detecção deve ser pormenorizada para que se reduza a freqüência de crises e melhore a qualidade de vida do paciente.

Palavras-chave: enxaqueca, fatores desencadeantes

——————————————————————————–

Trigger factors in migraine patients

ABSTRACT

BACKGROUND: Migraine is a chronic neurological disease with several trigger factors, including dietary, hormonal and environmental factors.

PURPOSE: To analyse precipitating factors in a sample of migraine patients.

METHOD: Two hundred consecutive migraine patients were interviewed about possible trigger factors for migraine attacks.

RESULTS: Most patients showed at least one dietary trigger, fasting was the most frequent one, followed by alcohol and chocolate. Hormonal factors appeared in 53% , being the pre-menstrual period the most frequent trigger. Physical activities caused migraine in 13%, sexual activities in 2.5% and 64% reported emotional stress a trigger factor. 81% related some sleep problem as a trigger factor. Regarding environmental factors, smells were reported by 36.5%.

CONCLUSION: Trigger factors are frequent in migraine patients, its avoidance may decrease headache frequency and also improve patients’ quality of life.

Key words: migraine, trigger factors.

Clique na imagem a seguir para baixar o arquivo:

Tags: , , ,

Trackback from your site.

Comments (35)

Leave a comment

Para Marcar Consulta

Para Marcar consulta com Dr Mario Peres, médico neurologista, CRM-SP 86494 ligue para (011) 3285-5726 para consultas no Centro de Cefaleia ou (011) 2151-0110 para consultas no Hospital Albert Einstein, sala 110.

Redes Sociais

Conheça também o portal Dor de Cabeça.net

Na mídia

Jornal da Tarde O Estado de São Paulo Folha de S.Paulo Radio Câmara Veja GAZETA Band TV BRASIL REDE GLOBO CBN RECORD Globo News Viva Saúde