Dor

A dor é uma experiência humana. A dor é definida pela Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP-International Association for the Study of Pain) da seguinte forma: “uma experiência sensória e emocional desagradável associada com uma potencial ou real ameaça ao organismo”.

Existem vários tipos de dor,várias classificações e subdivisões. A dor pode ser aguda ou crônica, dor aguda é uma dor que ocorre logo apósalgo ter acontecido, como uma batida, um trauma, uma cirurgia, infecção, ferimentos, queimaduras, fraturas, inflamações, distensão ou estreitamento de  vísceras (estômago, intestino), ou alteração de função de um órgão, da circulação sangüínea, dor de dente.

A dor crônica é uma dor mais prolongada, ariunda de uma doença crônica, causa importante decréscimo na qualidade de vida do paciente. Existem vários tipos de dor crônica, dor de cabeça (cefaleias primárias), dor nas costas ou lombares (lombalgias), dor na nuca (cervicalgia), dor relacionada ao cancer, fibromialgia, dor miofascial, distrofia, dor fantasma, dor central, dores de coluna, dor articular (nas juntas), neuralgias.

A dor não pode ser medida por exame, é uma experiência vivida pela pessoa, porisso, é subjetiva e recebe interferência de aspectos emocionais, psicológicos, comportamentais, como a preocupação, ansiedade, depressão, assim como hábitos e vícios: cigarro, exercícios físicos, sobrecargas de trabalho.

A dor então constitui num sistema de defesa do organismo, num sinal de alerta do corpo para que haja um reequilíbrio antes perdido. É um aviso para que o indivíduo se retire de um ambiente inadequado, tóxico, potencialmente lesivo. Em última análise, para que haja uma adaptação do meio interno com o meio externo, do organismo com o meio ambiente. A dor de cabeça, assim como todas as demais dores, está inserida nesse contexto.

Para saber mais sobre os tipos de dor, clique e leia: cervicalgia, cefaleia, fibromialgia

Dor é uma área de atuação do Neurologista, para saber mais sobre a especialidade, clique em neurologista.

Para saber mais sobre as doenças, clique em doenças neurológicas.

Para saber mais sobre o Dr Mario Peres, médico neurologista clique em clínica.

Comments (1)

  • dalva souza

    |

    oi td bem? eu senti pontadas francas na cabeça po uma semana fui ao medico ele me passou antibiotico mas tomei nao adiantou muito voltei ao medico de novo minha pressao ta va alta controlei com medicamento mas ador de cabeça nao passou?oq faço nesse caso???obrigado

    Reply

Leave a comment

Para Marcar Consulta

Para Marcar consulta com Dr Mario Peres, médico neurologista, CRM-SP 86494 ligue para (011) 3285-5726 para consultas no Centro de Cefaleia ou (011) 2151-0110 para consultas no Hospital Albert Einstein, sala 110.

Redes Sociais

Conheça também o portal Dor de Cabeça.net

Na mídia

Jornal da Tarde O Estado de São Paulo Folha de S.Paulo Radio Câmara Veja GAZETA Band TV BRASIL REDE GLOBO CBN RECORD Globo News Viva Saúde