melatonina enxaqueca

Melatonina e seu uso para cefaleias

Melatonina e seu uso para cefaleias.

Dr Mario Peres escreve sobre melatonina e o seu potencial uso para cefaleias.

Atualizado em 7 de julho de 2020

Uma das nossas linhas principais de pesquisa é o papel da melatonina nas cefaleias. Nosso estudo no tema é de mais de 20 anos, a primeira publicação foi na revista The Lancet, em 2000, uma das revistas mais prestigiadas da medicina. No mesmo ano defendia a minha tese de doutorado no Departamento de Neurologia da Escola Paulista de Medicina com o título “A importância da prolactina, cortisol, GH e melatonina na cefaléia crônica diária”. Desde então fizemos pesquisas em modelos experimentais, pesquisas clínicas, dosagens laboratoriais, orientei teses e quando trabalhei nos Estados Unidos de 2000 a 2001 tive uma experiência clínica grande com melatonina no tratamento de diversas cefaleias como as enxaquecas, cefaleia em salvas, cefaleia hípnica e cefaleias secundárias, experiência esta que pude trazer quando voltei para o Brasil. Desde então as pesquisas evoluíram muito, estudos clínicos comprovaram a eficácia da melatonina para o tratamento preventivo da enxaqueca.

melatonina enxaqueca
melatonina enxaqueca

Já alguns anos no Brasil a melatonina é comercializada através de formulação em farmácias de manipulação. Antes, os pacientes traziam de fora para uso próprio, já que a melatonina é vendida nos Estados Unidos como vitamina, sem receita.

Não é correto se auto-medicar, apesar da melatonina ter um perfil benigno, sem efeitos colaterais, pode não ser a melhor opção para o seu tratamento, é necessário avaliar a dosagem adequada, o horários de tomada, o período de tempo que deve ser usada.

Nosso estudo avaliou a melatonina 3 mg, comparando com a amitriptilina, antidepressivo tradicionalmente utilizado no tratamento preventivo da enxaqueca. Os resultados mostraram que a melatonina foi igualmente eficaz e com menos efeito colateral do que a amitriptilina.

Dr Mario Peres

5 Replies to “Melatonina e seu uso para cefaleias”

  1. Olá, tenho 33 anos e sofro de enxaqueca desde criança. Hoje já é uma enxaqueca cronica que não consigo resolver com medicamento. Eles ajudam, mas não evitam a crise. Quando acrise vem fico dias em crise. Ja fiquei 15 dias direto. Nunca ouvi falar da melatonina. Acha que pode ser indicada para meu caso?

    Obrigada.

  2. Minha filha está com 14 anos e apresenta dor de cabeça (enxaqueca) desde os 9 anos. Com a chegada da menstruação aos 12 anos as dores se tornaram mais frequentes (de 3 a 4 vêzes por semana). Ela tem também TPM, atualmente está tomando oleo de prímula, que diminui o seu humor. Pelo que eu li a melatonina teria essa função de minimizar ou de espaçar os sintomas? Além das outras medidas preventivas, atividade fisica, alimentação, sono,etc.
    Posso testar a melatonina como medicação preventiva? GRATO.
    Sérgio

  3. O Lancet que é uma das revistas “mais conceituadas” apresenta ao redor de 18% dos trabalhos com confiabilidade científica…

  4. Sinto todos os sintomas, na minha cidade já procurei um meuro e de nada adiantou, pos não acham problema em mim o que eu faço. Ha um médico especialista aqui em Teresópolis que vc possa me indicar. agradeço. pelo carinho.

  5. Salvo algum engano de minha parte na leitura do texto , não ficou esclarecido se o uso da melatonina é indicado e se dá um resultado efetivamente positivo para os portadores da ” CEFALÉIA EM SALVAS ” .
    Agradeço imensamente o retorno com os esclarecimentos !

    Muito obrigado !

    Abs.

    Clovis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.