Enxaqueca: causas, sintomas e tratamentos

O que é Enxaqueca?

Para ver o vídeo, clique na figura

Enxaqueca é uma doença neurológica crônica, comum e incapacitante, afeta 15,2% dos brasileiros e diminui intensamente a qualidade de vida de quem sofre.

Enxaqueca na população

A enxaqueca afeta 15,2% dos Brasileiros, mas com diferenças regionais, no sudeste os índices chegam a 20,5%, no sul 16,4%, no nordeste 13,6%, no centrooeste 9,5 % e no norte 8,5 %.

Causas da enxaqueca

A enxaqueca é uma doença multifatorial, os aspectos importantes são:

  1. genéticos,
  2. hormonais (na mulher),
  3. comportamentais,
  4. de estilo de vida (stress, sono ruim, má alimentação, sedentarismo)

Dos aspectos comportamentais e emocionaisna enxaqueca dividimos os de:

  1. Personalidade (alto grau de exigência, perfeccionismo, centralização)
  2. Ansiedade (antecipação, medo, fobia, expectativa apreensiva, estado de hiperalerta, tensão, pessimismo)
  3. Humor (irritabilidade, desanimo, depressão, culpa, oscilaçao de humor- altos e baixos, aceleração mental)

Para entender as causas da enxaqueca é importante entender o sistema de dor.

O sistema de dor é um sistema de defesa do organismo, como o sistema imune, a febre, a tosse, e representa um ganho evolutivo, pois existe para sinalizar um potencial de lesão para que ocorra retirada do estímulo. É fundamental para a adaptação do indivíduo com meio ambiente.

Funciona como se fosse um conteiner, um balde de água, que quando chega no seu limite se transborda, ou seja, acontece a crise de dor de cabeça, para evitar então que o sistema transborde é preciso diminuir a entrada de líquido no sistema (os desencadeantes da enxaqueca), aumentar o tamanho do contêiner (diminuir a predisposição do sistema com tratamentos preventivos) e aumentar o escoamento dos líquidos (exercícios físicos, relaxamentos, psicoterapia).

SINTOMAS DA ENXAQUECA

Na enxaqueca ocorrem vários sintomas:

  • Dor latejante, pulsátil
  • De um lado da cabeça
  • Intensidade moderada a forte
  • Piora com atividades físicas rotineiras
  • Incomodo com a luz e barulho,
  • náusea ou vômitos,
  • Não precisam todos estarem presentes (2 já bastam)

    15 a 25 % das enxaquecas podem aparecer com auras, precedem ou acompanham as crises, duram de 5 a 60 minutos, normalmente são visuais.

    TRATAMENTO DA ENXAQUECA

    O tratamento da enxaqueca tem que ser baseado nas suas causas, com orientação sobre os desencadeantes e essencialmente o início de um tratamento preventivo.

    Tratar apenas as crises na hora em que elas aparecem sem orientação preventiva não leva a lugar nenhum!

    Existem diversas opções de tratamentos preventivos para a enxaqueca, podem ser:

    MEDICAMENTOSO

    Antidepressivos, Betabloqueadores, bloqueadores de Calcio, neuromoduladores (anticonvulsivantes), melatonina, riboflavina, Coenzima Q10, Neurolépticos, metisergida, Toxina Botulinica (botox),Petasitis hibridus, Tanacetum Parthenium (fitoterápicos)

    NÃO  MEDICAMENTOSO

    Psicoterapia, hipnose, relaxamento, acupuntura, massagem, Fisioterapia (LASER, TENS, postura), biofeedback, exercícios físicos

    Na hora da dor podem ser realizadas as estratégias deTratamento passo a passo, começando com os analgésicos e seguindo a lista abaixo:

    • Analgésicos simples
    • Anti-inflamatórios
    • Ergotaminas
    • Triptanos

    Pode-se usar também o Tratamento Estratificado, para crises incapacitantes, pode-se utilizar direto medicações específicas TRIPTANOS e com intervenção precoce. Se náuseas e vomitos estiverem presentes pode-se associar antiemético.

    ATENÇÃO! Não se auto medique!

    Procure ajuda médica, procure um neurologista para realizar seu tratamento, para contato entre no http://cefaleias.com.br/clinica

    Para marcar uma consulta com o Dr Mario Peres, médico neurologista, diretor do Centro de Cefaleia Sāo Paulo, ligue para 

    Centro de Cefaleia São Paulo, situado a R Joaquim Eugenio de Lima, 881 cj 708, fone (11) 3285-5726  Jardins – São Paulo – SP

    Consultório no Hospital Albert Einstein, Sala 110- 1 andar, (11) 2151-0110  Morumbi, São Paulo, SP

    Para saber mais, leia o livro escrito pelo Dr Mario Peres – Dor de Cabeça: o que ela quer com você? Integrare Editora,

    Tags: , , , , , , , , ,

    Trackback from your site.

    Comments (28)

    • PAULO HELIO SANTOS ALVES

      |

      tenho fortes dores de cabeça,na verdade,nao é na cabeça, e sim no fundo do olho esquerdo entre a cabeça e o respectivo olho.geralmente desaparece dento de 45 dias.so retorna depois de 1,2,ou 3 anos.quando vou a um neurologista,procuro relatar todo o meu cotidiano e também faço um auto-estudo sobre minha alimentação e rotina.já tomei alguns medicamentos tais como:tonopam,sandomigran,neosaldina,cefaliun,chá de boldo(após algumas refeiçoes),decadronal(injetável).

      Reply

    • Camila

      |

      Boa Tarde!
      As minhas dores de cabeça, geralmente vem com a ingestão de alguns alimentos que me fazem ficar com nauseas, as vezes vem através do stress do dia, de cheiros fortes. Os meus olhos doem muito junto uma parte da cabeça direita ou esqueda. Quando começa a dor se eu tomar neoasaldina não resolve, acabo recorrendo ao migrane que termina com a dor, quando eu não tomo fico 3 dias passando mal, a dor não me impede de fazer as minhas atividades porém dificulta. Eu percebo essa dependencia de tomar o migrane,se não tomo a dor não passa, no entanto,tenho muito receio de ter algum problema gastro devida a alta ingestãode acido acetil salicilico. Pretendo dar continuidade do uso de anticoce´pcional para não ter mais tPM.

      Reply

    • reinaldo

      |

      Olá tenho 31 anos e tem mais de 30 dias que venho sentindo fortes dores de cabeça, a intensicade dessas dores foram aumentando com o passar dos dias, agora os remédios que tomo só amenizam um pouco sinto dores de cabeça fortissímas 24 horas por dia, eu não tinha fotofobia, e agora tenho, fui ao neurologista que me receitou naproxeno que piorou mais minha situação pois começou a inchar meus olhos meu rosto, agora eu tomo paracetamol e ibuprofeno e nortriptilina, mas as dores não cessam so diminuem e voltam fortes rápido estou aguardando pra fazer um tc de crânio que o neuro pediu, não aguento mais tantas dores. Só jesus na causa.

      Reply

    • Janaina

      |

      Bom dia !!

      Bom vim aqui falar nao a respeito de mim e sim do meu pai, ele se chama Arnaldo ele tem 54 anos e a vida quase toda sempre teve enxaqueca, a enxaqueca dele dura em media 5 dias as vezes ele sente tanta dor q ele nao aguenta dai temos q leva-lo ao hospital ele ja fez tudo q se possa imaginar de exames raio-x, tudo mesmo tratamentos com remedios a ultima vez agora q ele passou tem 1 ano o exame mostra um pontinhos na cabeça dele aonde o medico se refere a uma calcificacao, eu quero so pedir uma ajuda se tem tratamento ou nao e quero muito marcar uma consulta com doutor Mario Fernando Prieto Peres pra ajudar meu pai nao aguento tanto sofrimento por favor eu peço q me dem uma resposta mais rapido possivel. muito obrigada e peço ajuda!!

      Reply

    • Carolline Freitas Arrebola

      |

      Eu tenho 24 anos e sinto muitas dores de cabeça frequentes. Tenho essas dores a 6 anos, mas já fazem 3 semanas que a mesma dor não passa. Qdo tomo remédio o mesmo amenisa por alguns instantes e depois volta a doer. Já procurei um especialista, fiz um eletro, e a única coisa que apareceu no exame foi nervoso. O mesmo então me receitou o remédio Pamelor 10 mg, porém, este remédio parou o meu intestino. Hoje estou terminando o tratamento do intestino, porém as dores de cabeça não passam. Qquer remédio que eu venha tomar para dor de cabeça amenisa a dor, mas depois ela volta pior. Minhas dores é muito forte em um lado da cabeça perto dos olhos, algumas vezes andam pela nuca e as vezes irradia para o ouvido. Qdo explico para os médicos, não se preoculpam em fazer outros exames, e não sei mais o que eu faço. Eu trabalho e não aguento mais perder o dia do trabalho por essa dor insuportável. Em algumas crises quando vem muito forte eu perco os sentidos. Não chego a desmaiar mas é como se fosse, pois fico longe. Sinto muita ansia e quando ela é provocada alivia mas volta com mais intensidade. Isso me deixa muito cansada e preciso reagir. Muitas vezes durmo e acordo com a mesma dor, as vezes fica mais fraca mas não passa. E isso está me deixando uma pessoa insuportável, pois não tenho vontade de sair de casa ou da cama. Gostaria de saber o que eu posso fazer para de uma vez por todas tirar esses sintomas. Vocês estudam alguns casos? Preciso de alguém que entenda o que estou sentindo e me ajude a curar o mal pela raiz. Obrigada.

      Reply

    • Priscila reis

      |

      desde criança sempre senti muitas dores de cabeça, todas as vezes que praticava uma atividade fisica intensa minha cabeça doia muito,meus pais pensaram que fosse visão, realmente tive que usar óculos, mas so comecei na adolescencia,mas as dores continuaram…
      depois que me casei, tive filho e comecei a trabalhar as dores foram ficando cada vez mais frequentes e fortes, as crises me deixavam louca até que em 2007 fui ao neorologista e comecei a tomar topamax preventivamente e sumax e deocil para as crises.
      O problema é que do final do ano passado pra ca as crises pioraram novamente os medicamentos não mais funcionam como antes, tenho perda de memória
      e minha visão fica embassada. minha ultima crise durou dois dias eu acordava e dormia com dor de cabeça.
      isso tudo me deprime muito, fico irritada, triste, parei de trabalhar, estudo a noite, mas não sou a mesma pessoa, me sinto uma inútil. as vezes varrer a casa ou simplesmente fazer algo como abaixar a cabeça me deixam tonta e a cabeça doi.
      não suporto mais viver assim, sou escrava de uma doença sem cura,sempre fui ativa e hoje tenho a necessidade de dormir pelo menos 10 horas por noite ou acordo com dores de cabeça!!!
      preciso de ajuda.
      se tiver um programa de pesquisa voluntaria,ou algo assim quero participar, alguem tem que descobrir o que tenho.

      Reply

    • Daniela Vilela

      |

      Tenho dores de cabeça sempre á noite, durando as crises de 45 minutos. Começa no fundo do olho esquerdo , passando a dor pelo nariz. Não tomo remédio pois ela passa. A crise vem de 2 em 2 horas a noite e não sei o que faço.Vem de 3 em 3 anos e dura mais ou menos 1 mês.

      Reply

    • eliane

      |

      Oi…
      Tenho terriveis dores de cabeça ha mais de 5 anos… teho dor de cabeça diaria… acordo e ja tomo um dorflex… e no decorre do dia tomo varias vezes remedio pra dor… as vezes principalmente na menstruação tenho crise horriveis doi no fundo do olho do lado direito e em cima da cabeça… descobri um remedio q chama naramig … que evite de ir para o hospital tomar injeçao tenho 34 anos … nao sei oq fazer

      Reply

    • Isabelle

      |

      Eu comecei a fazer atividade física, e após as minhas aulas, eu começo a ter enxaqueca muito forte. O que eu devo fazer?

      Reply

    Leave a comment

    Para Marcar Consulta

    Para Marcar consulta com Dr Mario Peres, médico neurologista, CRM-SP 86494 ligue para (011) 3285-5726 para consultas no Centro de Cefaleia ou (011) 2151-0110 para consultas no Hospital Albert Einstein, sala 110.

    Redes Sociais

    Conheça também o portal Dor de Cabeça.net

    Na mídia

    Jornal da Tarde O Estado de São Paulo Folha de S.Paulo Radio Câmara Veja GAZETA Band TV BRASIL REDE GLOBO CBN RECORD Globo News Viva Saúde