ADENOMA DE HIPÓFISE | SINTOMAS DO ADENOMA DA HIPÓFISE | MINHA DOR DE CABEÇA PODE SER DE UM ADENOMA DA HIPÓFISE? DIAGNÒSTICO DO ADENOMA DA HIPÒFISE | TRATAMENTO DO ADENOMA DE HIPÓFISE

Adenomas de hipófise são tumores na glândula hipófise, também chamados adenomas Hipofisários, tão tumores benignos que podem provocar sintomas neurológicos e endócrinos. Os adenomas da hipófise podem ser funcionantes (produtores de hormônios como a prolactina, hormônio do crescimento e ACTH) ou não funcionante (não produz hormônios). Por ordem de freqüência, os adenomas mais comuns são os secretores de Prolactina ( prolactinomas ), de GH ( causa acromegalia), os Não-secretores (não-funcionantes), e os de ACTH (provoca doença de Cushing).

Do ponto de vista de tamanho ou volume, os adenomas são classificados em microadenomas (<100 mmm) ou macroadenomas (>100 mm).

SINTOMAS DO ADENOMA DA HIPÓFISE

Os sintomas do adenoma da hipósfise podem ser devidos ao tamanho e à posição do adenoma ou devido a sua interferência na produção dos hormônios.

O adenoma da hipófise pode causar dores de cabeça. As dores de cabeça não têm características específicas, podem ser de intensidade fraca ou serem dores fortes. O diagnóstico pode ser difícil pois o crescimento do adenoma em geral é lento e dores de cabeça podem ser antigas no paciente. Não se correlacionam exatamente com o tamanho do adenoma.

A cefaléia pode ser em muitas localizações, podem atrás dos olhos, em toda a cabeça, e caso o adenoma esteja crescendo mais para um lado, a dor pode ser unilateral. Pode ser confundido com um quadro de cefaléia tensional, enxaqueca, cefaléia em salvas ou outras cefaléias primárias. Durante a gravidez a hipófise costuma aumentar de tamanho, podendo causar dor de cabeça durante o período da gestação, gravidez.

Quando o tumor da hipófise cresce o adenoma pode afetar a visão pois pode comprimir as vias neurais da visão. Ocorre uma diminuição na visão periférica (defeitos na visão para os lados), embora outras perdas de visão possam também ocorrer. A diminuição na visão periférica pode ser extensa sem que o doente se aperceba, uma vez que as pessoas tendem a confiar mais na visão central, do que na periférica, para as atividades as diárias. Os adenomas da hipófise podem gerar visão dupla ao olhar acima, para baixo, ou para o lado. Isto é devido ao crescimento do adenoma para o lado, passando a pressionar os nervos que controlam os movimentos dos músculos do olho.

Os sintomas endócrinos são provocados por deficiência ou excesso de produção dos hormônios hipofisários. A deficiência de hormônios hipofisários é conhecida como Hipopituitarismo. Quando os adenomas da hipófise não funcionantes crescem, comprimem a restante glândula e interferem com a sua normal função. Isto pode conduzir a deficiências nas hormônios que controlam a função sexual e reprodutiva, a glândula tiroide e as glândulas supra-renais. Mais raramente aparece o diabetes insipidus.

As situações de excesso de produção hormonal hipofisária provocam sintomas clínicos bastante característicos que são os Prolactinomas (secretam prolactina), a Acromegalia (secretam hormônio de crescimento-GH ), e a Doença de Cushing (secretam hormônio adrenocorticotrófico – ACTH).

MINHA DOR DE CABEÇA PODE SER DE UM ADENOMA DA HIPÓFISE?

A cefaléia do adenoma da hipófise não é específica, pode ser de longa data, pode mimetizar várias cefaléias primárias. A piora progressiva da dor de cabeça, a associação de déficit visual, com perda da visão periférica lateral e alterações endócrinas, ou por hipofunção ou por hipersecreção de hormônios como a prolactina (causa galactorreia, saída deleite dos mamas), hormônio do crescimento – GH (causa crescimento anormal dos ossos), ou cortisol (hipertensão, aumento de peso, facies cushingóide).

DIAGNÓSTICO DO ADENOMA DA HIPÓFISE

O diagnóstico do adenoma da hipófise é feito apartir da suspeita clínica, pela presença dos dos sintomas neurológicos (dor de cabeça, alterações visuais) e hormonais, seja de deficiência ou excesso.

Para confirmar a suspeita de ser o paciente portador de adenoma hipofisário deve ser avaliado através preferencialmente da ressonância magnética da hipófise. A tomografia computadorizada da região da sela túrcica (região na qual se localiza a hipófise) pode também ser feita, mas não dá informações tão precisas quanto a ressonância magnética. Para saber mais sobre: ressonância magnética.

Detectado o adenoma ou na presença de sinais e sintomas de deficiência ou excesso hormonal, devem ser realizadas também dosagens de todos os hormônios hipofisários. Em algumas situações são necessários testes funcionais para análise do perfil de secreção de alguns hormônios hipofisários.

TRATAMENTO DO ADENOMA DE HIPÓFISE

Nos pacientes com adenomas secretores de prolactina (prolactinomas), o tratamento é inicialmente clínico, com boa resposta em mais de 80% dos casos. Os medicamentos utilizados são a bromocriptina, o lisuride e a cabergolina, em doses progressivas até a obtenção da normalização da prolactina e redução do volume do adenoma hipofisário.

Em situações nas quais não se alcançam esses objetivos, pode ser indicada a cirurgia transesfenoidal para ressecção do adenoma. Essa cirurgia é uma microcirurgia realizada através da região nasal, utilizando microscópio e abordando a região do hipófise por sua parte inferior.

Em pacientes portadores de adenomas secretores de GH (acromegalia) e ACTH (doença de Cushing) deve-se estabelecer um diagnóstico hormonal específico e, se comprovada cada uma das doenças, o paciente deve ser inicialmente submetido a cirurgia transesfenoidal para ressecção do adenoma.

Em pacientes com tumores não-secretores, deve ser avaliado detalhadamente o hipopituitarismo associado, e uma vez corrigidas as alterações hormonais de maior risco (deficiência de cortisol e de hormônios da tireóide), o paciente deve ser submetido a cirurgia transesfenoidal para ressecção do adenoma.

Mais raramente, em tumores muito volumosos, pode estar indicada a cirurgia por via transcraniana, ou seja, realizando uma abordagem da hipófise por sua porção lateral ou superior, o que envolve cortes cirúrgicos na calota craniana.

Os adenomas da hipófise podem ser tratados com a radioterapia, novos métodos de radioterapia da hipófise podem ser utilizados sendo mais eficazes e mais rápidos do que o método tradicional.

Já nos casos que não podem ser completamente removidos pela cirurgia, a introdução da radioterapia pós-operatória é prática frequente. Esta decisão é baseada nas características dos doentes, no tamanho e posição do resíduo, assim como na agressividade do adenoma inicial.

Para saber mais sobre o Centro de cefaléia, clique em clínica.

Para saber mais sobre, o Dr Mario Peres.

27 Replies to “Adenoma de hipófise”

  1. Acabei de descobrir que tenho Adenoma Hlpofisário e simplesmente estou apavorada detalhe trabalho em um hospital de referência oncologica.

  2. olá estou desesperada!!em um mes tomei o anticoncepcional ciclo21 tive muitas vertigens,tonturase zunbidos a ponto de nao conseguir trabalhar,no outro mes tomei diane35,e na pausa pra menstruar nao menstruei,mas senti muitas colicas pré menstrual(isso já aconteceu varias vezes,antes mesmo de iniciar a vida sexual) ,engravidei uma unica vez aos 25 anos apos 4 anos de tentativa.,o meu desespero é pq algumas semanas atras senti muita tristeza me senti deprimida e cansada,a tristeza passou mas o cansaço aumentou,dores no corpo,o meu sono nao me faz descansar pelo contrario eu durmo e acordo com muitas dores no corpo mais do que qdo fui dormir..eu sempre tive enxaqueca fortissimas a primeira foi aos 11 anos,duas semanas antes da primeira menstruação,fiz tratamento com neurologista,ela sempre receitou formulas q adiantaram por um tempo mas depois parece q meu organismo se acostumava com aquela droga…enfim depois q minha filha nasceu amenizou bastante..mas nestes ultimos 5 meses tem tido maior frequencia e há duas semanas elas estãocom intensidade menor mas todos os dias do lado esquerdo,sinto bastante atras do olho,especificamente no canto externo do olho e as vezes tenho sensação q meu olho esta fechando,e percebo minha visao periferica diminuida no olho esquerdo,vejo pontos de luz cintilantes flutuantes,nao sei explicar..é como se estivessem jogando microconfetes de papel laminado prateado sobre mim,continuo com colicas e agora esta saindo leite(de aparencia grossa levemente amarelada,parece o tal do colostro) de uma mama e na outra liquido transparente…posso ter adenoma?

    1. ah tambem tive ganho de peso mesmo tendo parado os antcp.e agora espinhas,acne muita e pele extremamente oleosa

  3. Olá… eu tenho microadenoma na hipófisse, comecei o tratamento a uns 3 anos atras , já fui submetida a 4 ressonâncias magnéticas e na primeira constatou um tumor do lado esquerdo da hipófisse, então fiz tratamento com Bromocriptina 2,5 mg durante 2 anos e meio, a prolactina normalizou , com isso foi suspensa a medicação e com 4 meses fiz novos exames incluindo a ressonância magnética de sela túrcica, tendo como diagnostico o mesmo tumor a esquerda e um outro a direita, mostrei a minha medica e ela falou que este novo tumor não surgiu devido a prolactina, pois ela esta normal e também não falou se eu poderia continuar o tratamento com a Bromocriptina; eu passo ate 3 dias com dores de cabeça , fico estressada com muita facilidade e com esquecimento fácil do que tenho que fazer ou estudar. Tenho muito medo pois se surgiu outro tumor sem ser por causa da prolactina , então a algo que esta provocando estes desenvolvimentos desses microadenomas. Por favor esclareção-me o por que destes aparecimentos. Tenham um bom dia…

  4. Olà,gostaria de relatar que sou portadora de um adenoma hipofisário,descobri a 13 anos atrás e tomo cabergolina uma vez por semana,fiquei 21 anos sem engravidar,hoje tenho uma unica filha de 9 anos,perfeita nâo sei como aconteçeu,mas tenho muita dores de cabeça e no corpo inteiro, sera que minha filha pode ter um dia isto?

  5. Olá, minha filha esta com nodular na região lateral direita da adeno- hipóse medindo 0,3 cm. Haste hiposisária com espessurra preservada, com leve desvio para esquerda.
    Estou com medo ja procurei 3 neuros e nenhum foi claro nas explicações oque me dizem é ” tem que investigar”. Jaá estou muito preocupada, me esclareça por favor é grave?

  6. Estou passando por um grande problema com minha mae varios neurologistas mandao operar e ao chegar no neurocirurgiao e negado. Estou largando meu emprego, pois ela nao tem condicoes de ficar sozinha, nao tem mais higiene, ja quebrou tudo dentro de casa, agride, nao me reconhece nem mesmo a casa que mora. Oque fazer? Nao quero desistir mas esta muito dificio, pois estou so nesta luta com todos me criticando.

    1. Olá, por favor, entre em contato para marcar uma consulta ou procure um médico que possa te acompanhar para dar as devidas orientações e tratamento.

      Obrigado
      Equipe Portal Cefaleias.com.br

  7. Dr. Mario, meu nome e Gabriela e engravidei com 21 anos, tive uma gestação muito difícil, tive enjos, muita dor de cabeça, e para todos os medícos eu tinha enxaqueca, o que não era verdade, a verdade e que eu tinha esse tipo de tumor não funcinante, o mais engraçado e que os medícos não sabem explicar como consegui engravidar com tanta facilidade, fiquei apenas uma semana sem tomar o remidío e engravidei. Apesar de toda dificuldade minha filha nasceu muito saudável de apenas 35 semanas (prematura) com 1,5kg e 38 cm ficou na UTI por 18 dias até ter alta, até essa data eu estava muito bem, feliz, mais quando fui para casa depois de uns 4 meses que ela nasceu começou, Dr hoje eu não sei explicar por que sobrevivi, me lembro como se fosse hoje, começou em um domingo dai em diante TODOS OS DIAS EU SENTI MUITA DOR DE CABEÇA, elas eram tão intença que eu cheguei por diversas vezes a delirar, vomitar, eu acreditava que era uma criança, tevi dias que eu batia a cabeça na parede para tentar esquece a outra dor, a cabeça por diversas vezes ficava com um ematoma, meu marido chorava entrava em desespero, e por 15 dias, todos os dias eu ia para na emergência com fortes dores, cheguei a ir 3 vezes por dia, tomei até morfina mais não resolveu! Quando consegui uma consulta de emergência com meu neuro eu disse: tenho fortes dores, chego a delirar, até tentei pular da janela do meu quarto que fica no 2° andar, bati varias vezes a ccabeça, e não enxergo dos lados e vejo manchas brancas o tempo todo, ai ele mato a charada na hora e pediu a ressonancia, ai apareceu ele, agora de cabeça não me lembro o tamanho mais posso te afirmar que era grande. Descobri em junho e tive que operar em dezembro, foi feita pelo nariz e é um pouco dificil a recureção mais graças a Deus estou muito bem hoje, quase não sinto mais dor de cabeça, so lamento ter perdido a fase mais linda da minha filha, por isso hoje curto cada segundo que estou perto dela, retomei minha vida e como se eu fosse começar a viver apartir de dezembro até hoje dia 15/01/2013….
    Atenciosamente Gabriela

    1. Olá Gabriela, minha esposa também está com esse adenoma, ela já trata faz mais de 1 ano e sofremos muito, pois estamos querendo ter um bebê e não podemos, fico angustiado e me sinto de mãos atadas com a situação.

      Saber que você já passou por isso e está tudo bem é uma forma de conforto para mim e tantos outros.

      Não sei qual foi a intenção de seu depoimento mas agradeço de coração !!!

  8. Sofro muito com fortes dores de cabeça, fiz uma ressonancia algum tempo atrás e foi detectado micro adenoma de hipófese, tive aumento de prolactina e estava infértl com o uso de dostinex minha prolactina baixou e fiquei grávida hoje tenho uma filha de 9 anos e até então deixei de tomar dostinex minha prolactina aumentou, sinto forte dores de cabeça. Gostaria de saber se a cirurgia via nasal pode resolver o problema definitivo ou só ameniza e se existe um tratamento a base de homeopatia?

    1. Olá, por favor, entre em contato para marcar uma consulta ou procure um médico que possa te acompanhar para dar as devidas orientações e tratamento.

      Obrigado
      Equipe Portal Cefaleias.com.br

  9. Olá Doutor. Eu tenho adenoma hipofisario desde os 14 anos. hoje tenho 25 e tomo medicamento pra controlar.
    A minha prolactina esta em 98.´no inicio do tratamento era 4423.
    Gostaria de sabeer se eu posso engravidar ou se terei que fazer algum tipo de procedimento especifico.
    Grata pela atenção.

    1. Olá, por favor, entre em contato para marcar uma consulta ou procure um médico que possa te acompanhar para dar as devidas orientações e tratamento.

      Obrigado
      Equipe Portal Cefaleias.com.br

  10. as dores atrás dos olhos sao bem caracteristicos sinto desde adolescencia
    estou com deficiencia hormonal valeuu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.