Hemograma. Avalia o nível das células vermelhas, brancas e plaquetas, avalia se há anemia, se há sinais de infecção e parte da integridade da coagulação do sangue.

Glicemia de jejum. Avalia se há diabetes, em casos de necessidade de utilizar corticóides para o tratamento da dor, pode ser necessária a avaliação periódica da glicemia.

TSH, T4 livre, anticorpos anti-tireóide. Avaliam se há hipo ou hipertireoidismo (Tireóide baixa ou alta).

Estudo do colesterol. Diretamente não há interferência nas dores de cabeça, mas este exame pode ser importante para monitorar o estado geral de saúde e fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Coagulograma. Estuda a coagulação do sangue (se está fino ou grosso).

TGO, TGP, gama GT, bilirrubinas, sorologia para hepatites. Avalia o estado do fígado – não que este seja a causa de qualquer dor de cabeça –, mas utiliza-se para monitorar o efeito de certos remédios no organismo.

Prolactina. Hormônio secretado pela hipófise, é dosado para verificar se há um adenoma, tumor de hipófise secretor de prolactina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.