Testes

Calcule o impacto da dor de cabeça em sua vida

O impacto provocado pela dor de cabeça e particularmente pela enxaqueca na vida social e econômica das pessoas é imenso. Estima-se, apenas no Estados Unidos, que os custos diretos provocados por consultas, remédios e médicos estejam em torno de U$10 bilhões anuais. Se pensarmos em custos indiretos provocados por faltas ao trabalho e perda da produtividade, as cifras totais sobem para U$ 27 bilhões anuais. Estudos europeus mostram que pessoas com enxaqueca perdem, em média, até quatro dias de trabalho por ano em função das crises de dor sem contar os dias que trabalham com dor, diminuindo assim sua produtividade. Os sofredores de dor de cabeça crônica também tem prejuízos sociais incalculáveis. A ansiedade antecipada pela possibilidade de se ter uma crise de dor leva ao hábito de se evitar assumir não apenas compromissos profissionais como também de lazer, convivência familiar e viagens.

Alguns estudos foram desenvovidos para se mensurar o impacto da dor de cabeça na vida da pessoa. A seguir apresentamos um questionário simplificado do estudo MIDAS desenvolvido pelo médico americano Richard Lipton que permite medir o impacto relativo causado pela dor de cabeça.

Comments (1)

Leave a comment

Para Marcar Consulta

Para Marcar consulta com Dr Mario Peres, médico neurologista, CRM-SP 86494 ligue para (011) 3285-5726 para consultas no Centro de Cefaleia ou (011) 2151-0110 para consultas no Hospital Albert Einstein, sala 110.

Redes Sociais

Conheça também o portal Dor de Cabeça.net

Na mídia

Jornal da Tarde O Estado de São Paulo Folha de S.Paulo Radio Câmara Veja GAZETA Band TV BRASIL REDE GLOBO CBN RECORD Globo News Viva Saúde