Pesquisa em cefaleia em um país pobre

Mario F P Peres, Pedro Andre Kowacs. Pesquisa em Cefaléia em um País Pobre. Migraneas e Cefaleias 2007. 10(3):82-85.

Introdução

Comparativamente com países do primeiro mundo, a quantidade de pesquisas ainda é baixa no Brasil. Faz-se necessário, portanto, discutir as causas desta disparidade.

Objetivos

Através de uma análise da situação atual, oferecer propostas.

Métodos

Análise crítica das dificuldades em se realizar pesquisa no Brasil.


Resultados

Dentre outros fatores, são identificadas e discutidas oito barreiras para a realização de pesquisa no Brasil.

Conclusões

Fazer pesquisa em um país pobre é uma tarefa difícil para qualquer indivíduo. Falta de investimento governamental em ciência e tecnologia, ausência de indústrias que apóiem pesquisa, carreira acadêmica deficitária são um dos motivos principais que desafiam os pesquisadores. Neste artigo procuramos identificar as barreiras e ao mesmo tempo propor soluções para melhorar a produtividade no nosso ambiente científico.

Clique a seguir para baixar o PDF: Pesquisa em Cefaléia em um País Pobre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.