O que causa dor de cabeça, desencadeantes da enxaqueca e cefaleias secundárias

Dor de cabeça e cefaleia são sinônimos. Cefaleia nada mais é que o termo científico, a palavra que os médicos usam para dor de cabeça. Cefaleia vem do latim cephalaea que, por sua vez, tem origem no grego kephalaía. Agora, você já sabe que dor de cabeça e cefaleia significam absolutamente a mesma coisa.

Existem várias causas para as dores de cabeça. As dores de cabeça recorrentes, crises que vão e voltam, são cefaleias primárias como a enxaqueca. Na enxaqueca, a dor de cabeça é pulsátil, luz e barulho incomodam, enjoo e vômitos podem ocorrer, a dor é de intensidade moderada a forte e pode ser de um lado da cabeça. Doenças mais simples como infecções, gripes, sinusites também causam dor de cabeça.

Fatores comportamentais, alimentares, ambientais, hormonais, sono e toda e qualquer sobrecarga que ocorra no indivíduo são fatores desencadeantes da enxaqueca. No caso de doenças mais graves como os tumores cerebrais, aneurismas cerebrais, AVCs, a dor de cabeça é um sintoma, são as chamadas cefaleias secundárias.

Na Meningite ocorre:

  • Dor de cabeça recente;
  • Febre;
  • Rigidez de nuca;
  • Vômitos;
  • Dor no corpo.

Na Sinusite ocorre:

  • Dor de cabeça recente
  • Febre
  • Dor frontal, maxilar
  • Secreção Nasal.

No Aneurisma cerebral ocorre:

  • Instalação súbita;
  • Dor de cabeça recente, forte intensidade;
  • Desmaio;
  • Perda de força no corpo.

No AVC – acidente vascular cerebral acontece:

  • Instalação súbita;
  • Dor de cabeça recente;
  • Perda de força no corpo;
  • Alteração da fala;
  • Alteração visual (perda visual);
  • Falha ao andar.

Para mais informações, leia o livro “Dor de Cabeça: O que ela quer com você”. Dr Mario F P Peres, médico neurologista do Hospital Albert Einstein

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.